O analista de recrutamento e seleção

A arte de contratar e as etapas de recrutamento e seleção.

A arte de contratar

Sem dúvida, contratar um novo talento para sua empresa é uma arte. Mas há muito deixou de ser um procedimento simplesmente intuitivo ou um golpe de sorte.

O papel do analista de recrutamento e seleção tornou-se fundamental, pois o capital humano é hoje um diferencial competitivo para que a empresa se destaque em qualidade, inovação, no atendimento ao cliente e outras etapas que agregam enorme valor a natureza de seu negócio.

Hoje um processo de recrutamento e seleção bem estruturado é feito em diferentes etapas, onde cada uma das fases se propõe a realizar avaliações diferenciadas, que vão muito além da antiga medição de capacidade técnica.

Os analistas de recrutamento e seleção precisam a cada etapa avaliar e valorizar o potencial humano. Em um processo de recrutamento e seleção moderno, por competências, as escolhas e critérios em cada fase estão alinhados às estratégias da empresa e de seu negócio,

As etapas de recrutamento e seleção

O foco em competências deve estar presente em todas as etapas dos processos de recrutamento à seleção, de forma que essa experiência seja positiva á empresa e uma vivência significativa para o candidato em seu crescimento pessoal e profissional.

As etapas de um processo de seleção devem ser eficientes na identificação das habilidades e competências imprescindíveis, como: o espírito de liderança, a capacidade de trabalhar em grupos, boa comunicação, carisma e inteligência ou equilíbrio emocional para um bom desempenho profissional.

Em todas as etapas, desde o levantamento do perfil desejado, escolha dos meios de divulgação da vaga (Interno, Externo, Misto, online), análise e triagem de currículos, contatos, escolha das dinâmicas e testes até o laudo final e encaminhamento do candidato – tudo deve considerar que as empresas hoje buscam pessoas pró-ativas, flexíveis e com boa visão de negócios.

As empresas desejam selecionar e recrutar talentos que tenham objetivos convergentes com os da sua empresa a fim de estabelecer uma relação de sinergia, onde prevaleça a confiança mútua e o comprometimento, a construção de uma parceria colaborador-empresa.

Não há posts relacionados.

Deixe um comentário