Ética profissional é valor de mercado

A responsabilidade ética e social e se tornou um assunto em voga entre os empresários. Empresas de diversos portes têm adotado códigos de ética e promovendo internamente, junto aos seus profissionais, esses valores.

O lucro a qualquer preço cegou as organizações, que não perceberam que essa não é mais uma conduta de vantagem. Atualmente, a ética profissional é uma exigência, uma condição sem a qual não há negócio. Um escândalo de corrupção ou sonegação de impostos deixou de ser apenas uma notícia ou um arranhão em sua marca para se tornar um decreto de falência.

O mercado está exaurido de práticas empresariais antiéticas e socialmente irresponsáveis. Não seja mais um, faça diferente!

E o que é ética profissional?

Muitos autores definem a ética profissional como sendo normas de conduta que deverão ser postas em prática no exercício de qualquer profissão. O código de ética profissional funcionaria assim, como um órgão regulador de condutas nas organizações.

A ética profissional rege o relacionamento do profissional com seus clientes e colegas (colaboradores), com o objetivo de manter a dignidade e promover o bem-estar no contexto em que você exerce sua profissão, seja você um administrador, um médico ou um advogado, por exemplo.

A ética profissional pode ser normativa apenas ou apresentar caráter jurídico a partir do que está determinado em seu código ou estatuto

A importância da ética profissional é nítida, porque cada profissional tem responsabilidades individuais e responsabilidades sociais, pois envolvem pessoas que dela se beneficiam. A ética profissional é indispensável nessa relação, porque na ação humana “o fazer” e “o agir” estão interligados

Mas quando devo refletir sobre a ética profissional?

Esse pensamento deve ocorrer desde a fase da escolha profissional, o que, geralmente, ocorre quando jovem, na adolescência. Então, muitas vezes, você escolhe sua carreira sem conhecer o conjunto de deveres e valores que dela fazem parte.

Sim, sua carreira profissional é resultado de uma escolha pessoal, mas ao escolhê-la, o conjunto de deveres e a ética profissional passam a ser obrigatórios.

Como refletir sobre ética profissional?

É simples, pergunte a sim mesmo: Estou sendo bom profissional? Estou agindo adequadamente? Realizo corretamente minha atividade?

É fundamental ter sempre em mente que há uma série de atitudes que não estão descritas nos códigos de todas as profissões, mas que são comuns a todas as atividades que uma pessoa pode exercer. Tenha bom senso.

Coloque-se em frente do espelho e veja se atitude que você reflete é de alguém que você contrataria.

A Ética baseia-se em uma filosofia de valores compatíveis com a natureza e o fim de todo ser humano, por isso, “o agir” da pessoa humana está condicionado a duas premissas consideradas básicas pela Ética: “o que é” o homem e “para que vive”, logo toda capacitação científica ou técnica precisa estar em conexão com os princípios essenciais da Ética. (MOTTA, 1984, p. 69)

Não há posts relacionados.

Deixe um comentário